Blog

 
Segurança é fator que mais influencia estratégias de TI, indica estudo

Segurança é fator que mais influencia estratégias de TI, indica estudo

Segurança da informação exerce forte influencia sobre as estratégias de tecnologia da informação. Temas relativos à proteção são prioridade para 77% dos executivos que participaram de uma pesquisa recente realizada pela Extreme Networks. Consumerização (55%) e cloud (44) figuram no topo da lista. O contexto mapeado no estudo revela um desafios: os departamentos de TI precisam encontrar um equilíbrio entre a proteção e a oferta de uma infraestrutura flexível capaz de fornecer uma experiência de alta qualidade em negócios essenciais e aplicativos de menor prioridade. “Os resultados demonstram claramente que, para competir e impulsionar o crescimento, as empresas estão cada vez mais dependentes de conectividade generalizada e do engajamento contínuo – ambos gerados pelo aumento constante do número e da variedade de dispositivos conectados”, conclui a fabricante. Fonte: Computer World Leia mais...
Uso da TI por indivíduos melhora posição do Brasil em ranking do World Economic Forum

Uso da TI por indivíduos melhora posição do Brasil em ranking do World Economic Forum

Todos os anos, desde 2001, o Fórum Econômico Mundial (World Economic Forum - WEF) publica o seu Relatório Global de Tecnologia de Informação, que mostra o que os países tem feito para se preparar para um futuro digital. A edição de 2016, divulgada nesta quarta-feira, 6/7, mostra uma ligeira melhora do Brasil no ranking dos 139 países analisados. Ocupamos agora a 72ª. Em 2015, éramos a 84ª economia conectada do mundo, entre 142 países participantes do estudo. Nos recuperamos um pouco da queda de 19 posições desde 2012, graças ao uso da TI por indivíduos e empresas. Em todos os outros quesitos, pioramos ou estagnamos. A intenção da pesquisa é saber como o desenvolvimento tecnológico tem impactado e beneficiado as economias nacionais, além do bem-estar das populações. Para isso, são avaliados os principais pontos a serem trabalhados por cada nação para fazer melhor uso das tecnologias de informação e da… Leia mais...
Senado pode vetar a adoção de franquia na banda larga fixa

Senado pode vetar a adoção de franquia na banda larga fixa

Já está pronto para ser votado o Projeto de Lei do Senado (PLS) 174/2016, que veda o limite de consumo de dados nos planos de internet da banda fixa. A proposição não foi votada nesta terça-feira, 5, porque não houve quórum na Comissão de Ciência e Tecnologia. Como tramita em caráter terminativo, seria necessária a presença de nove senadores na sessão. O projeto, de autoria de senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), inclui mais um inciso no artigo 7º do Marco Civil da Internet, proibindo o uso de franquias para o serviço. O relator da matéria, senador Pedro Chaves (PCS-MT), leu seu parecer favorável à aprovação do PLS, salientando que a limitação do uso de dados é um retrocesso. Para ele, a medida, já anunciada pelas operadoras, trará um freio no avanço da inovação, além de prejudicar ações governamentais de inclusão digital, ensino à distância e ao próprio desenvolvimento da economia. "Essa… Leia mais...
Inovação tecnológica é objetivo de 87% das empresas brasileiras

Inovação tecnológica é objetivo de 87% das empresas brasileiras

Há quem diga que a crise é, também, o momento da oportunidade. É o que aponta pesquisa da Associação Brasileira de Automação (GS1 Brasil), que mostra que, nos próximos 12 meses, 87% das empresas brasileiras consideram investir em inovação tecnológica. "Já é sabido que, em época de dificuldade, a automação é muito mais importante do que em períodos de bonança", analisa o presidente da GS1, João Carlos de Oliveira. O executivo aponta a redução de custos por conta da diminuição no número de processos internos como a principal motivação. Por outro lado, as incertezas econômicas afetam o nível do investimento, já que a maioria das empresas, 60%, pretende investir até, no máximo, 3% de seu faturamento em inovação. Apenas 27% devem passar dessa faixa. Os dados são da pesquisa Consumidores e Empresas: tendências e comportamento no mercado nacional, divulgada, nesta quinta-feira, durante a 6ª edição do Congresso Brasil em Código.… Leia mais...
Brasil e Portugal querem avançar em acordo para cooperação em ciência e tecnologia

Brasil e Portugal querem avançar em acordo para cooperação em ciência e tecnologia

Nanotecnologia, física de altas energias, biocombustíveis e parques tecnológicos são algumas das áreas em que Brasil e Portugal querem aprofundar a cooperação bilateral, que completou 30 anos no mês passado. O assunto foi discutido nesta quinta-feira (30/6) pelo secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do MCTIC, Jailson de Andrade, e a ministra-adjunta da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Teresa Tavares, em videoconferência. De acordo com Andrade, o acordo tem proporcionado diversos avanços tecnológicos e científicos. “Hoje, foram destacados vários deles em áreas como observação da terra, oceanos, que, aliás, com o navio Vital de Oliveira, faz com que o Brasil tenha hoje plenas condições de incrementar ainda mais essa cooperação”, comentou. O executivo ressalta também que há interesse mútuo na área de satélites, observação das mudanças do clima, parques tecnológicos, bioenergia. Andrade ressaltou ainda que a vasta experiência do Brasil em bioenergia e biocombustíveis pode… Leia mais...
Controle estrangeiro de aéreas ajudará rotas não exploradas

Controle estrangeiro de aéreas ajudará rotas não exploradas

O ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse que a aprovação pela Câmara dos Deputados da emenda à Medida Provisória do Setor Aéreo (MP 714/16), que permite que empresas estrangeiras possam ter total controle do capital de companhias aéreas nacionais, representa um “passo importante” no sentido de beneficiar o setor de aviação civil do país, em especial as rotas do interior. “É um passo importante porque traz a possibilidade de investidores estrangeiros beneficiarem o mercado, inclusive os menos explorados, no interior, em rotas pouco usadas. Esse projeto se alinha bem ao conjunto de propostas a serem formuladas a pedido do presidente [interino, Michel Temer], que contribuem para a produtividade da economia brasileira e trazem ganhos do ponto de vista de geração de empregos, renda e da atividade econômica”, disse Oliveira após participar da primeira reunião do recém-criado comitê econômico do governo federal. Dívida dos estados Sobre a possibilidade de os… Leia mais...
Anatel monta banco de dados para discussão dos limites da banda larga

Anatel monta banco de dados para discussão dos limites da banda larga

Na discussão sobre impor ou não limites ao consumo de dados de banda larga fixa, Igor de Freitas, membro do Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), sugere encontrar um meio termo. "A resposta preliminar que parece coerente não é tudo com franquia nem tudo sem franquia. É possível olhar os perfis de consumo e diferenciar as ofertas", afirmou ao participar de painel promovido em encontro da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura. Freitas disse que a Anatel está se dedicando a coletar e processar informações dos prestadores de serviços, para construir uma base de dados que será disponibilizada à sociedade para promover um debate sobre os efeitos das franquias em banda larga sobre a oferta. A agência espera chegar ao fim do ano com um cenário mais claro dos efeitos de cada escolha. Ele ressaltou a importância do equilíbrio dos modelos de negócio. "Para que os serviços de… Leia mais...
A tecnologia ‘invisível’, as pessoas e o futuro

A tecnologia ‘invisível’, as pessoas e o futuro

Quando tecnologias amadurecem elas se tornam invisíveis. E isso não é um paradoxo. Ao entrar em uma sala escura, acionamos um interruptor para acender a luz. Não pensamos na complexa infraestrutura necessária para isto. A iluminação artificial faz parte do nosso cotidiano, é algo automático e só percebemos isto quando, por alguma razão, ela não funciona. Mas nem sempre foi assim. Quando a energia elétrica surgiu foi um evento mundial. A novidade era intrigante e havia mil coisas que seriam altamente impactadas pela inovação. Ela estaria em todos os lugarese o mundo seria transformado. E quanto às informações? Muitos se espantaramquando surgiram os primeiros computadores comerciais. Com a evolução, os “cérebros eletrônicos” se tornaram parte do dia a dia e, com outras tecnologias, inauguraram a “Terceira Onda”. Mas as tecnologias em si, após seus minutos de fama, se transformam em causas quase anônimas de efeitos poderosos. A questão fundamental passa… Leia mais...
Falta de Internet é "bloqueio" para bilhões no mundo, diz Zuckerberg

Falta de Internet é "bloqueio" para bilhões no mundo, diz Zuckerberg

  O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, esteve em um evento no Vale do Silício, nos EUA, onde reforçou a visão de que uma estrutura melhor com conectividade é fundamental para fortalecer o ambiente empreendedor de um país. Ele participou de um debate com Mark Zuckerberg, CEO do Facebook. No encontro, falou-se bastante sobre marcos regulatórios para fortalecer novas empresas de tecnologia, além da expansão de infraestrutura de banda larga, que é classificada por ambos como um ponto vital para qualquer organização nos dias atuais. “Pessoalmente, conectividade é meu principal foco”, enfatizou o fundador da rede social, classificando a falta ou a limitação do acesso à Internet como um “bloqueio” a bilhões de pessoas ao redor do mundo. “Quem nunca usou um computador ou acessou à rede, não consegue imaginar as oportunidades que está perdendo”, adicionou. Zuckerberg observou que melhorar o acesso não é um pleito exclusivo norte-americano. “Acho… Leia mais...
Governo indica rumos das políticas de TI. Software é prioridade

Governo indica rumos das políticas de TI. Software é prioridade

Sem ampliar indústria de software, Brasil vai perder a competitividade. Essa é a opinião de Maximiliano Martinhão, engenheiro que assumiu recentemente a Secretaria de Política de Informática do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicaçoes. Ele chega ao posto com o desafio é ampliar a presença brasileira no mercado internacional de TI. Desde 2011 no cargo de secretário de Telecomunicações do extinto Ministério das Comunicações, ELE foi nomeado para a Sepin pelo ministro Gilberto Kassab. Nascido em Campinas (SP), é advogado e engenheiro de telecomunicações com mestrado pela Universidade de Strathclyde, no Reino Unido. Em entrevista ao Portal MCTIC, ele afirmou que a Lei de Informática é o principal instrumento para impulsionar as empresas do setor e estimular os investimentos nos centros de pesquisa e universidades. "Vamos cuidar para que esses investimentos atendam políticas públicas." Segundo o secretário, o setor de Tecnologia da Informação e Comunicação e a indústria de… Leia mais...
  •  ProReserve Serviços de Internet Ltda
  •  Rio de Janeiro
    +55 21 2178 2180
  •  São Paulo
    +55 11 2626 7043

Novidades Reserve